Sobre o site mensa.com.br

Quanto ao comunicado publicado pelo atual presidente da Associação Mensa Brasil em seu site, www.mensa.com.br, é oportuno esclarecer o que segue.

Este site, mensabrasil.com.br, foi criado em outubro de 2015, logo depois de ter depositado, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI, o pedido de registro da marca Mensa Brasil e de o mesmo, naquela ocasião, ter transcorrido sem qualquer oposição até o prazo final junto ao INPI.

Na ocasião, em julho de 2015, intensas discussões tiveram vez em diversos grupos que reuniam membros da Mensa Brasil no Facebook, concernentes a validade do teste utilizado e sua forma de avaliação. Sérios questionamentos surgiram sobre a forma de correção dos testes, a interpretação de seu resultado, a disponibilização do gabarito dos testes indevidamente na Internet, e demais fraudes e irregularidades no processo de admissão.

Posteriormente, em decorrência dessas discussões, um amplo levantamento foi conduzido com relação ao cadastro de membros, assim como seus respectivos registros de admissão. Ao que ficou comprovado, no final, que, dos 1.412 membros cadastrados, 229 não possuíam de fato os requisitos necessários para participar e que, dos demais, 870 não tinham sequer qualquer informação sobre terem ou não algum dia atendido ao critério estipulado para admissão.

Somado a essa situação bastante desconfortável, em que mais de três quartos dos participantes não tinham qualquer comprovação de que um dia tivessem mesmo atendido aos critérios estipulados para admissão, havia também uma Associação denominada Associação Mensa Brasil, com sede em São Paulo, Capital, e fundada no ano de 2003. Mas a mesma encontrava-se em solução de continuidade. Sem uma diretoria constituída e, por isso, irregular desde o final do mandato de sua primeira diretoria no final do ano de 2003.

Esta situação irregular, na qual encontrava-se essa Associação, permitia assim a qualquer interessando requerer judicialmente a nomeação de um administrador provisório, nos termos do Art. 49 do Código Civil. Para a recomposição de seu quadro societário e sua continuidade, mas sem, no entanto, qualquer comprovação pela parte interessada quanto ao atendimento dos requisitos estipulados para admissão.

Diante dessa situação, procedeu-se assim ao registro da marca Mensa Brasil no Instituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI, como forma de garantir assim a segurança e a proteção necessárias ao prestígio e integridade material da marca requerida, à seriedade dos objetivos estipulados, à devida proteção aos investimentos já realizados anteriormente e, principalmente, à sua notoriedade e a sua reputação. Justamente com o objetivo de resguardar a marca requerida frente ao risco que a retomada desta Associação por pessoas sem condições de ingresso e possivelmente envolvidas com as irregularidades constatadas pudesse acarretar, como de fato por fim aconteceu.

No decorrer no ano de 2016 um administrador provisório foi designado por determinação judicial, o que acarretou na condução de uma assembleia geral extraordinária e a recomposição do quadro societário dessa associação. Sem, no enteando, o necessário recadastramento de seus membros e a verificação quanto ao atendimento, ou não, dos critérios estipulados para sua admissão.

Hoje, com exceção de alguns poucos participantes, a grande maioria dos membros que participa dessa Associação não atende aos requisitos estipulados para admissão. Essa Associação não detém a marca Mensa Brasil e divulga uma informação inverídica de que teria autorização para a utilizar.

O registro da marca Mensa Brasil, por sua vez, é de propriedade da sociedade Editora Mensa Brasil S/S Ltda. ME, que detém este domínio, mantém e administra este site. Registro este que encontra-se hoje inclusive em sua fase final de análise junto ao INPI. O qual transcorreu sem que tenha havido qualquer oposição.

É por todo o exposto que nada mais resta a não ser repudir, de forma assertiva e contundente, o comunicado publicado pelo atual presidente dessa Associação em seu site.

A Mensa Brasil surgiu com o propósito de reunir pessoas que tenham obtido uma pontuação acima do obtido por 98% da população em geral em um mesmo teste de inteligência e é esse o propósito que continuará sendo o propósito primordial da Mensa Brasil. Tanto para os que ingressam hoje, assim como para os que não tenham qualquer informação quanto a terem ou não de fato um dia atendido a esse critério de admissão.

 

Mensa Brasil
Sociedade de Alto Q.I.

Sobre o site mensa.com.br

Participe!

%d blogueiros gostam disto: